IBGE prevê safra recorde para carros-chefe da agricultura em MT

IBGE prevê safra recorde para carros-chefe da agricultura em MT

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou nesta quarta-feira (08) um prognóstico otimista para a safra de grãos de 2020. A expectativa é que a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas tenha um recorde de 243,2 milhões de toneladas, 0,7% acima da safra de 2019, o que representa 1,7 milhão de toneladas a mais. 

 

Três dos cinco produtos de maior importância para a próxima safra são carros-chefe da produção mato-grossense: soja, algodão e milho. Para soja e algodão, as estimativas das produções são recordes da série histórica do IBGE. A variação positiva é de 7,8% para a soja; 2,7% para algodão e 1,8% para a 1ª safra de milho. Apenas a 2ª safra de milho deve apresentar queda, com uma variação negativa de 7,2%. 

 

Mato Grosso é considerado atualmente o produtor nacional de grãos, com uma participação de 28,0%, seguido pelo Paraná (14,9%), Rio Grande do Sul (14,3%), Goiás (10,0%), Mato Grosso do Sul (7,9%) e Minas Gerais (6,0%), que, somados, representaram 81,1% do total nacional.

 

Para a soja, o estado, que em 2020 deve responder por 26,9% do total a ser produzido pelo país, estima colher 33,0 milhões de toneladas, crescimento de 2,2% em relação a 2019, em decorrência do aumento de 2,2% na área a ser plantada. Em relação ao algodão herbáceo (em grãos), Mato Grosso deve colher este ano 17.340 toneladas, ocupando o quarto lugar no ranking da produção do grão. As informações são do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA).

Autor(a): Safira Campos Da Redação (Foto: Governo de Mato Grosso)

Fonte: pnbonline