Sinop busca organização coletiva para desenvolver setor do turismo de forma integrada

Sinop busca organização coletiva para desenvolver setor do turismo de forma integrada

Inserida no Portal do Agronegócio, classificação dada pelo Ministério do Turismo, Sinop participou, ontem, quarta-feira, 18, de uma consultoria oferecida pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) voltada para o fortalecimento do setor do turismo. A reunião técnica tratou de estratégias para um desenvolvimento regional envolvendo os 10 municípios que compõem a Associação Turística Portal do Agronegócio formada por Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Nova Ubiratã, Tapurah, Cláudia, Santa Carmem, Porto dos Gaúchos, Novo Horizonte do Norte e Sinop.

De acordo com o diretor de Sebrae de Lucas do Rio Verde, Renato Magalhães, que é quem está capitaneando esse processo, o Serviço tem recursos disponíveis para investimento, mas primeiro é necessário uma organização do setor. “Por isso que nós colocamos no nosso plano de ação para o ano que vem, ajudar esses municípios a trabalharem na parte do turismo. A cadeia do turismo é muito grande. É bar, restaurante, hotel, entretenimento. Isso, depois a gente vai segmentar tudo para fazer os atendimentos. Além de ser uma facilidade para o Sebrae, é também, uma forma de estarmos transformando a cadeia de cada município”.

Durante a reunião técnica entre os 10 municípios, eles buscaram identificar os pontos e potenciais de cada um para, assim, formatar produtos de forma integrada. As turismólogas do município, Leidiane Viegas e Iara Knnaben, explicam que Sinop, assim como as demais cidades do IGR que formam o Portal do Agronegócio têm grande potencial para negócios e eventos “Com todos esses atrativos identificados, podemos discutir metas, planejar essa movimentação de pessoas com a disponibilidade de novas rotas aéreas, facilidades na compra de passagens, informações sobre os destinos disponíveis, propostas de entretenimento e negócios. Precisamos destacar o que cada município tem para oferecer e trabalhar roteiros principais e secundários. Fortalecer essa atividade e aquecer a nossa economia”, ilustra Viegas.

Knabenn lembra que a união servirá, também, para subsidiar mais infraestrutura para os municípios. Se Sinop oferece a marina como opção de lazer ou o lago da usina, que o Poder Público invista em uma estrada pavimentada ou, pelo menos, de melhor acesso. “Treinamentos para garçons, produção de material de divulgação e inserção de mídias, distribuição de flayers em aeroportos ou secretarias de outras cidades também é estratégia para a atração de pessoas e desenvolvimento do turismo regional e de forma integrada para toda essa região. O plano é promover e desenvolver o turismo de forma totalmente integrada com os 10 municípios, pois sozinhos não conseguiremos, nem recursos, nem sucesso”.

O trabalho está sendo desenvolvido pela empresa Agricon, com sede no Estado do Mato Grosso Sul e Sebrae, em forma de parceria. A reunião técnia entre os municípios foi realizada em Lucas do Rio Verde, cidade escolhida pela distãncia intermediária entre os participantes.

Autor(a): Luciano André

Fonte: Assessoria de Imprensa